Histórico do Processo de criação do Curso

 

O Instituto de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis surgiu com a denominação de Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas, pela Lei Municipal n. 875, de 22 de julho de 1955, que foi autorizada a funcionar pelo Decreto n. 43.563, de 24 de abril de 1958. Em 1969, com a criação da Universidade Federal do Rio Grande - FURG, a então Faculdade foi incorporada à mesma, passando a operar a partir do respectivo Departamento de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis - DCEAC, hoje extinto. Em 2010, com a nova reestruturação estatutária da Universidade, o antigo DCEAC tomou a denominação de “Instituto de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis- ICEAC", passando a ocupar lugar de destaque entre as unidades acadêmicas da FURG. Com quarenta e um docentes, seis técnico-administrativos e aproximadamente 1285][ e Mestrado em Economia Aplicada Stricto Sensu com foco em Economia do Mar, e pós-graduação a distância em Gestão Pública Municipal.

No campo da pesquisa e extensão o ICEAC apresenta significativo indicador de produção, retratados pelos grandes números de projetos de pesquisa coordenados pelos docentes locados no Instituto, pelo volume elevado da produção científica dos professores e orientações na graduação e pós-graduação, de trabalhos de conclusão de cursos a dissertações de mestrado, constituindo um quadro de profissionais ativos e integrados na formação dos indicadores de produção em pesquisa e extensão.

Em setembro de 2013 foram iniciadas as discussões internas no ICEAC que culminaram na proposta de criação do curso de graduação em Comércio Exterior para atuar no campus de Santa Vitória do Palmar. Muitos foram os argumentos levantados em discussões internas no Instituto, principalmente por professores da área de Ciências Econômicas, trazendo à tona a necessidade de ofertar, na região, um curso de graduação na área de comércio exterior. Dentre os pontos relevantes para esta oferta, destacam-se: – a localização da FURG numa região portuária de expressão relevante na transação comercial e nível de exportação do país; – a vocação institucional da Universidade direcionada ao estudo dos ecossistemas costeiros e marinhos, exigindo o desenvolvimento da área econômica de análise das relações comerciais, transportes fluviais e acordos comerciais, temas predominantes na área de estudos, projetos e pesquisas em comércio exterior; - preocupação com o desenvolvimento sustentável da atuação do comércio exterior, exigindo conteúdos de suporte às análises dos acordos comerciais junto à organização mundial do comércio; - existência de uma demanda potencial de estudantes regionais na área do comércio exterior, evidenciada pela necessidade de formação de capital humano nesta área para atender a demanda da região, das agências de comércio exterior, de transações e negociações internacionais nos processos de realização comercial e ganhos de mercados. Além destes argumentos estratégicos que justificam a criação deste curso de graduação pelo ICEAC-FURG, levou-se em consideração, como uma externalidade positiva e fortemente sustentável, a decisão da criação pela Unidade Acadêmica da Faculdade de Direito da FURG, do curso de graduação em Relações Internacionais, curso este com grande interação de áreas com a proposta estrutural da grade curricular do curso de comércio exterior, corroborando a decisão de criação deste último no ICEAC.

Com estas prerrogativas, foi crescendo a proposição de construção desta proposta, ao longo do ano de 2013, e tomando forma mais concreta neste ano de 2014, tendo sido formalizada por força da portaria 297/2014 da Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD, com vistas a integração do projeto em construção com o projeto do curso de Relações Internacionais, foi nomeada uma comissão, composta pelos professores Anderson Orestes Cavalcante Lobato, Éder Dion de Paula Costa e Carlos André Birnfeld, pela Faculdade de Direito e  Audrei Fernandes Cadaval,  Patrízia Raggi Abdallah e Paulo Renato Lessa Pinto, pelo ICEAC para ultimar a proposta, com vistas a implantação dos cursos na cidade de Santa Vitória do Palmar.

A versão provisória do mesmo foi encaminhada ao final do mês de julho à PROGRAD para revisão final, tendo sido aprovado em julho do corrente ano pelo Conselho do Instituto de Ciências Econômicas Administrativas e Contábeis.